Sinais de que o Plano de Mídia da sua empresa está fadado ao Fracasso

Você já percebeu que a mídia tradicional está menos efetiva nos últimos anos?

Em tempos de crise, sua empresa precisa ter mais resultado usando menos investimento em publicidade e mídia.

E é nesse ponto que muito empresários erram ao fazer o seu plano de mídia e você vai entender porquê.

Lá na Idade Média, os mascates levavam seus produtos de um lugar ao outro, faziam venda um a um ou para pequenos grupos. Faziam o trabalho de formiguinha transmitindo a sua mensagem.

Depois de um tempo trabalhando dessa forma, alguém se perguntou:

“Como posso passar a mesma mensagem para um grande número de pessoas e de uma só vez?”

Basicamente, o tal do Marketing surgiu depois da explosão da era Industrial, onde a oferta se tornou maior que a demanda e os fornecedores precisavam se diferenciar.

Não sei quem foi, mas alguém teve um pensamento produtivo. Ganhar tempo!!

Nascem as primeiras ações de mídias de massa. Por exemplo, escrever um cartaz e colar na porta de Igreja, esta que era um ponto de grande circulação, e assim chegaria para muitas pessoas.

Mais tarde, veio o rádio que revolucionou a comunicação e expandiu absurdamente o alcance das mensagem. Moradores de regiões remotas passaram a conhecer produtos de grandes empresas.

Anos mais tarde, chega o veículo de comunicação que se tornou o maior ícone de mídia massiva: a Televisão. Muitas empresas explodiram de vender com campanhas criativas e bem arquitetadas de 30 segundos.

Campanhas estas que encantaram e mobilizaram milhões de pessoas. A gigante televisão ganhou muita força e cada segundo de propaganda passou a valer uma fortuna.

Fazia parte do sonho do plano de mídia de praticamente todas as empresas estarem na Televisão.

Em paralelo, surgem outras mídias de massa que conquistaram seu espaço como por exemplo: outdoors, tv do elevador, painéis no aeroporto, merchadising, adesivo no táxi, propaganda na caixa da pizza, etc.

Os donos de negócio pegaram o espírito da coisa, onde o objetivo era transmitir a mesma mensagem para muitas pessoas de uma só vez.

Todo lugar onde muitos vêem, é uma oportunidade para colocar uma propaganda! O pensamento é: “quanto mais minha empresa é vista, mais pessoas compram”.

E hoje vemos publicidade em todos os cantos e na hora de fazer um plano de mídia, a criatividade não tem limites.

Porém, nos últimos anos, esse tipo de comunicação massiva começou a perder efetividade. O que antes mobilizava milhões de pessoas hoje, o mesmo formato, que funcionou por décadas, não tem mais o mesmo poder.

O que aconteceu???

Sabe aquelas pessoas que tomam um antibiótico por qualquer coisa? Toma tanto que chega um ponto que não faz mais efeito…

plano-de-mídia-imunidade-ao-tradicional-agência-mito

A mesma coisa passou a acontecer com a comunicação. São tantos lugares que querem que as pessoas olhem que virou uma verdadeira guerra pela atenção do consumidor.

Estudos mostram que se você consegue a atenção de uma pessoa por mais de 30 segundos, sua marca já fez parte do dia dele e conseguiu “um espacinho” na mente do seu consumidor.

Antes era difícil ter acesso a informação, mas hoje temos uma sobrecarga de informação chegando até nós. As pessoas começaram a se tornar mais seletivas nas informações que consomem, ainda mais depois da popularização da internet e das redes sociais a partir de 2004.

Hoje, percebo que a principal palavra para um plano de mídia se chama…

SEGMENTAÇÃO

A tendência é conseguir ter uma comunicação ultra conectada e específica para um grupo de pessoas que estão vivendo uma mesma situação.

Não estou falando só em segmentação por questões demográficas como, sexo, idade e localização. Refiro-me a segmentação por dores e desafios específicos que muitas pessoas podem estar passando.

plano-de-mídia-segmentação-agência-mito

Sem dúvidas, a internet hoje é um grande meio para conseguir encontrar nichos segmentados e construir a comunicação personalizada.

Quando alguém recebe uma comunicação personalizada, gera o sentimento de importância. A pessoa se sente especial porque tem a impressão que estão falando diretamente para ela.

Além do mais, na internet é possível mensurar todas as ações. É possível conhecer o comportamento do cliente, qual caminho ele percorreu até comprar e com isso saber qual a estratégia está trazendo maior resultado.

Também é possível começar com baixo investimento para identificar qual o melhor caminho para só depois escalar os investimentos e conseguir resultados extraordinários com um negócio comum. Ou seja, é possível conseguir retorno sobre o investimento com precisão cirúrgica.

Visto isso, é notável que usar a internet como canal de comunicação é uma tendência dentro do plano de mídia. Mas, você sabe qual o problema de seguir uma tendência?

Você está atrasado!

Geralmente, quando as empresas percebem que está acontecendo uma grande mudança no mercado, é tarde demais, o bonde já está passando.

plano-de-mídia-clock-ticks-agência-mito

Como por exemplo, a BlackBerry que em 2010 chegou a dominar 43% do mercado de smartphones empresariais e governamentais. Ela teve seu declínio em pouco tempo porque demorou para modernizar seus aparelhos.

Eu mesmo fui fã da BlackBerry e resisti trocar de aparelho até que chegou um momento que foi inevitável. Adorava o BBM que era o serviço de mensagem instantânea que hoje a maioria de nós substituímos pelo WhatsApp.

Foi uma decepção e uma tristeza para mim ter que trocar uma empresa que gostava muito. E você pode até pensar que no seu mercado é diferente e isso não vai acontecer…

Mas pode ser que seu concorrente ou um novo entrante esteja se armando para entrar com força na internet e você nem imagina. Quando perceber, será tarde demais…

Plano de Mídia: Conclusão

Em nenhum momento quis dizer que publicidade em mídia de massa como a Televisão não funciona mais, seria insanidade da minha parte dizer isso. Quis alertar que o cenário está mudando.

Conhecendo algumas empresas cujas verbas para Marketing são enormes, foi possível perceber um sutil ajuste na realidade. Recentemente, visitamos uma empresa cuja verba de Marketing era 8 milhões e basicamente todo esse investimento era direcionado para mídia outdoor. Hoje, quase 20% da sua verba está sendo direcionada para a internet.

Meu objetivo com esse post foi te mostrar qual o contexto da comunicação estamos vivendo hoje. Também onde acredito que a sua empresa deve investir para se manter viva e crescer fazendo um plano de mídia inovador.

plano-de-mídia-inovação-agência-mito

Inclusive, esse texto está ficando longo demais para explicar em detalhes a melhor estratégia de marketing na internet que acredito, por isso recomendo que você assista esse vídeo que gravei.

Já adianto que você não precisa entender nada de tecnologia para aplicar essa estratégia de marketing e também não é “o basicão” que até o seu estagiário sabe fazer.

Nessa aula, você vai aprender as melhores práticas do mercado para ter resultado usando a internet. Aprenderá sobre estratégia de marketing e exatamente o que você precisa fazer para ter uma empresa que faz negócio usando o poder da internet 24 horas por dia e sete dias por semana.

Para assistir é só clicar nesse link.

Te vejo no vídeo!

5.00 avg. rating (100% score) - 1 vote